Wozniacki voltará a jogar semi do US Open após 3 anos

Tenista dinamarquesa ficou a um passo da decisão do Grand Slam ao arrasar italiana Sara Errani por 2 sets a 0, parciais de 6/0 e 6/1

Estadão Conteúdo

03 Setembro 2014 | 08h37

A dinamarquesa Caroline Wozniacki voltará a disputar uma semifinal do US Open após três anos. A ex-número 1 do mundo e atual 11.ª colocada no ranking da WTA ficou a um passo da decisão do Grand Slam norte-americano ao derrotar a italiana Sara Errani, número 14 do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/1, em apenas 1 hora e 4 minutos, no final da noite de terça-feira.

Vice-campeã do US Open em 2009, Wozniacki não disputa uma semifinal do torneio desde 2011. Mas agora ela tentará voltar a jogar uma decisão embalada pela vitória sobre a russa Maria Sharapova nas oitavas de final e também pelo fácil triunfo diante de Errani na noite de terça-feira.

Contra a italiana, Wozniacki teve dificuldades para confirmar o seu serviço no primeiro game, tanto que precisou salvar break points, mas depois embalou. A dinamarquesa conseguiu quebras de saque em série e fechou o primeiro set em 6/0 em apenas 29 minutos.

No segundo set, Errani largou com uma quebra de saque no game inicial. Mas as dificuldades para Wozniacki pararam por aí. A dinamarquesa voltou a se impor, venceu seis games seguidos e fechou a parcial em 6/1 e 0 jogo em 2 sets a 0.

Agora, Wozniacki terá pela frente a chinesa Shuai Peng, que passou pela suíça Belinda Bencic nas quartas de final. Esta será a primeira semifinal de Grand Slam da carreira da número 39 do mundo. A dinamarquesa lidera o confronto direto por 5 a 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.