Adrian Dennis/AFP
Adrian Dennis/AFP

WTA define calendário do tênis feminino até a disputa de Wimbledon em julho

Entidade anuncia calendário do primeiro semestre de 2021 incluindo três Grand Slams

Redação, Estadão Conteúdo

05 de janeiro de 2021 | 16h13

A temporada do circuito profissional de tênis feminino começa nesta semana com a disputa do Torneio de Abu Dabi, um WTA 500 nos Emirados Árabes Unidos, e nesta terça-feira a WTA, entidade que comanda a modalidade, anunciou o calendário de competições em 2021 até o dia 11 de julho, data da final de Wimbledon, Grand Slam disputado em Londres, na Inglaterra.

Com o anúncio, a WTA já tem definidos os torneios das próximas 20 semanas de circuito profissional. O período inclui três Grand Slams - Aberto da Austrália, Roland Garros e Wimbledon -, e quatro torneios WTA 1000 em Dubai (Emirados Árabes Unidos), Miami (Estados Unidos), Madri (Espanha) e Roma (Itália).

Depois do torneio em Abu Dabi, a próxima semana será dedicada ao qualifying do Aberto da Austrália, excepcionalmente transferido para a cidade de Dubai. Já em fevereiro, com as jogadoras já realizando o período de quarentena na Austrália, Melbourne receberá dois WTA 500 simultâneos. O primeiro Grand Slam do ano começará em 8 de fevereiro.

Logo após o Aberto da Austrália, as jogadoras ainda ficarão mais uma semana para jogar outro WTA 500 em solo australiano, ainda sem cidade definida. O calendário se divide a partir de 22 de fevereiro. O circuito profissional prevê torneios de nível mais forte em Doha (Catar), Dubai e São Petersburgo (Rússia), simultâneos com três WTA 250 em Lyon (França), Guadalajara e Monterrey (ambos no México). Na sequência, Miami recebe um WTA 1000.

A temporada de saibro começa com Charleston (Estados Unidos) e Bogotá (Colômbia) e também passa pelo tradicional torneio de Stuttgart, na Alemanha. A fase final da Copa Billie Jean King (antiga Fed Cup) terá início em 12 de abril. Ao mesmo tempo, Istambul (Turquia) e Anning (China) recebem eventos WTA 250. Em maio, os principais eventos são em Madri, Roma e Roland Garros, mas também prevê torneios em Estrasburgo (França), Rabat (Marrocos) e Colônia (Alemanha).

A temporada de grama tem sete torneios. Estão previstos eventos na Inglaterra (Nottingham, Eastbourne e Birmingham), Holanda ('s-Hertogenbosch) e Alemanha (Bad Homburg), antes de Wimbledon.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.