Daniel Leal-Olivas/AFP
Daniel Leal-Olivas/AFP

Zverev e Tsitsipas caem na estreia e ampliam lista de fiascos em Wimbledon

Alemão e grego foram superados por Jiri Vesely e Thomas Fabbiano, respectivamente

Redação, Estadão Conteúdo

01 de julho de 2019 | 18h35

Depois das surpreendentes eliminações da japonesa Naomi Osaka e da norte-americana Venus Williams na chave feminina, a primeira rodada do torneio masculino de simples de Wimbledon também teve o alemão Alexander Zverev e o grego Stefanos Tsitsipas decepcionando e caindo já em suas respectivas estreias no Grand Slam inglês nesta segunda-feira.

Sexto cabeça de chave do tradicional torneio realizado em quadras de grama e atual quinto tenista do ranking mundial, Zverev foi eliminado pelo checo Jiri Vesely, hoje apenas o 124º colocado da ATP, que buscou uma improvável virada e despachou o favorito por 3 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3, 6/2 e 7/5.

Tsitsipas, por sua vez, não conseguiu justificar a condição de sexto jogador do mundo e sétimo pré-classificado da competição ao cair diante do italiano Thomas Fabbiano, 89º do ranking, por 3 sets a 2, com 6/4, 3/6, 6/4, 6/7 (8/10) e 6/3.

Com o surpreendente triunfo sobre Zverev, Vesely se credenciou para encarar na segunda rodada o uruguaio Pablo Cuevas, que em outro confronto do dia sofreu para derrotar o bielo-russo Damir Dzumhur por 3 sets a 2, de virada, com 4/6, 7/6 (10/8), 2/6, 6/4 e 6/2. Já Fabbiano terá pela frente na próxima fase o croata Ivo Karlovic, que abriu campanha na chave principal superando o italiano Andrea Arnaboldi por 6/4, 6/4 e 7/6 (7/4).

Outro tenista de destaque que caiu na primeira rodada nesta segunda-feira foi o francês Gael Monfils, 16º cabeça de chave, que por motivo de lesão abandonou a partida que fazia com o seu compatriota Ugo Humbert quando perdia o quinto set por 3/0. Antes disso, o atual 15º colocado do ranking iniciou o duelo confirmando favoritismo ao vencer as duas primeiras parciais por 7/6 (8/6) e 6/3, mas depois o azarão que ocupa o 66º lugar da ATP reagiu ao ganhar os sets seguintes por 6/4 e 7/5.

Assim, Humbert, de 21 anos, avançou para encarar na segunda rodada o espanhol Marcel Granollers, que eliminou o italiano Lorenzo Sonego com parciais de 7/6 (7/4), 6/4 e 6/4. E outro jovem tenista da casa que surpreendeu para ir à fase seguinte nesta segunda-feira foi Corentin Moutet, de 20 anos e 84º colocado da ATP, que despachou o ex-top 10 búlgaro Grigor Dimitrov, hoje na 49ª posição, com uma virada de 3 sets a 2, com 2/6, 3/6, 7/6 (7/4), 6/3 e 6/1.

Em outras partidas realizadas na parte final da programação do dia na capital inglesa, os canadenses Felix Auger-Aliassime e Milos Raonic, o russo Daniil Medvedev, o belga David Goffin, o britânico Kyle Edmund, o argentino Guido Pella e o francês Benoit Paire justificaram o status de cabeças de chave em suas estreias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.