Geoff Burke/ USA TODAY Sports
Geoff Burke/ USA TODAY Sports

Zverev estreia com vitória em Miami após expulsão em Acapulco e decepção em Indian Wells

Em duelo equilibrado com croata Borna Coric, alemão consegue se redimir e vence por 2 sets a 1

Redação, Estadão Conteúdo

25 de março de 2022 | 20h11

O Croata Borna Coric sempre dificultou os embates com Alexander Zverev. E nesta sexta-feira não foi diferente no ATP 1000 de Miami. Buscando se redimir após expulsão em Acapulco e eliminação na estreia em Indian Wells, o alemão precisou de três sets e muita luta para avançar, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/3.

"Eu precisava de uma vitória e estou muito feliz com o resultado", comemorou, aliviado, o tenista alemão de 24 anos, que foi assistido pelo ex-tenista espanhol Sergi Bruguera, que será seu técnico experimental em Miami.

Contra um rival ao qual havia perdido três de cinco confrontos, Zverev viu o equilíbrio durar até 4 a 4 na primia parcial quando, enfim, conseguiu o primeiro breakpoint na partida e não desperdiçou, abrindo 5 a 4 e depois fechando com saque perfeito.

O set seguinte começou com o croata mais concentrado e logo abrindo 3 a 0. Errando mais que o habitual e conseguindo ganhar apenas 40% no segundo serviço, o alemão não conseguiu sequer criar chance para devolver a quebra e acabou levando 6/3.

A decisão foi para o terceiro set, no qual Zverev quem iniciou arrasador e logo abrindo também 3 a 0. Desta vez foi o croata quem não conseguiu reagir e acabou caindo pelos mesmos 6/3, igualando o duelo em 3 a 3.

Quem também suou para avançar à terceira rodada em Miami foi o Italiano Jannik Sinner. Ele bateu o finlandês Emil Ruusuvuori por 6/4, 3/6 e 7/6 (10/8). O russo Andrey Rublev acabou eliminado com derrota diante do australiano Nick Kyrgios por 6/3 e 6/0. Cameron Norrie venceu o duelo de britânicos com Jack Draper por 2 a 0, parciais de 7/6 (7/5) e 6/4. Já o espanhol Pablo Carreño Bustas superou David Goffin com 6/3 e 6/2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.