Geoff Burke/USA Today
Geoff Burke/USA Today

Zverev supera Ferrer de virada e encara Kyrgios em Miami

Alemão, número 5 do mundo, bateu o espanhol David Ferrer, por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 6/2 e 6/4, em 1h50

Estadão Conteúdo

26 de março de 2018 | 22h50

Ainda que com dificuldades, o alemão Alexander Zverev está classificado às oitavas de final do Masters 1000 de Miami, disputado em quadras duras. Nesta segunda-feira, o número 5 do mundo bateu, de virada, o espanhol David Ferrer, o 35º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 6/2 e 6/4, em 1 hora e 50 minutos.

+ Venus vira sobre britânica e vai às quartas de final em Miami

Zverev, de 20 anos, teve um início ruim diante de Ferrer, que tem 15 anos a mais, mas depois conseguiu reagir para assegurar o seu triunfo. Assim, conquistou a segunda vitória em quatro duelos com o espanhol, a quem já havia superado nesta temporada, no Torneio de Roterdã.

Classificado às oitavas de final, Zverev já sabe quem pegará na próxima rodada em Miami. O seu rival vai ser o australiano Nick Kyrgios. O número 20 do mundo aplicou um duplo 6/3 no italiano Fabio Fognini, o 18º colocado no ranking, em 1 hora e 6 minutos. O tenista da Austrália não teve o seu saque ameaçado e converteu três de cinco break points para assegurar o triunfo.

Também nesta segunda-feira pelo Masters 1000 de Miami, o canadense Denis Shapovalov, o número 46 do mundo, passou pelo norte-americano Sam Querrey, 14º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 7/5, em 2 horas e 23 minutos.

De virada, o sul-africano Kevin Anderson, o número 8 do mundo, superou nesta segunda o russo Karen Khachanov, o 41º colocado no ranking, por 4/6, 6/2 e 6/3, em 1 hora e 53 minutos.

As oitavas de final do Masters 1000 de Miami terão um duelo espanhol entre Fernando Verdasco e Pablo Carreño Busta. Número 19 do mundo, Carreño Busta aplicou um duplo 6/4 no norte-americano Steve Johnson (54º). Também neste segunda, Verdasco (39º) bateu de virada o australiano Thanasi Kokkinakis (175º), algoz do suíço Roger Federer, por 3/6, 6/4 e 7/6 (7/4).

Tudo o que sabemos sobre:
tênisAlexander ZverevDavid Ferrer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.