Reuters
Reuters

Após decepção, Hamilton promete encontrar forças para seguir na luta pelo título

Inglês vive um jejum de quatro provas sem vitórias

Estadão Conteúdo

05 Outubro 2016 | 10h04

Ainda sob os efeitos do que definiu como "enorme decepção" - o abandono na Malásia quando liderava a prova no último domingo -, Lewis Hamilton volta as suas atenções para o GP do Japão, no próximo fim de semana, no circuito de Suzuka. Vivendo um jejum de quatro provas sem vitórias, o inglês perdeu a liderança do campeonato para o alemão Nico Rosberg e viu seu companheiro na Mercedes abrir uma vantagem de 23 pontos no Mundial de Pilotos. Ele promete, porém, encontrar forças para seguir na briga para faturar o terceiro título consecutivo.

"Não é o ponto mais baixo que já estive. Houve momentos piores, com certeza. Independentemente disso, eu vou encontrar forças dentro de mim para lutar ao longo destes próximos cinco fins de semana de corrida. Se eu puder render como fiz na semana passada e o carro suportar, então as coisas boas ainda podem ocorrer", disse Hamilton.

O circuito de Suzuka pode ser o palco ideal para o inglês da Mercedes alterar o rumo das últimas provas da Fórmula 1. Afinal, enquanto Rosberg nunca conquistou um triunfo no GP do Japão, Hamilton já venceu a prova três vezes, incluindo as suas duas últimas edições. "Eu adoro o circuito de Suzuka e fui rápido lá nos últimos dois anos, por isso espero que essa tendência continue", afirmou.

As atividades do fim de semana do GP de Japão se iniciam na noite desta quinta-feira, às 22 horas (de Brasília), com a realização do primeiro treino livre. A largada para a prova no circuito de Suzuka está agendada para as 2 horas do próximo domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.