Reuters
Reuters

Em segundo, Hamilton comemora dia sem problemas no carro

Piloto está 23 pontos atrás de Nico Rosberg

O Estado de S.Paulo

07 Outubro 2016 | 12h50

Sem vencer há quatro provas na Fórmula 1, Lewis Hamilton quer não só voltar a subir ao lugar mais alto do pódio, como também diminuir a vantagem de 23 pontos que Nico Rosberg abriu na liderança do Mundial. A próxima oportunidade para isso é no domingo, em Suzuka, no Japão. Nesta sexta, dia com duas sessões de treinos livres, o britânico foi o segundo mais rápido, ficando atrás exatamente do companheiro de equipe na Mercedes.

Hamilton, entretanto, viu motivo para comemorar, uma vez que pelo menos seu carro passou ileso. "Foi um dia realmente bom, sem problemas no carro, o que é ótimo. A gente administrou para fazer muitas voltas, mas ainda há algum trabalho a ser feito durante a noite para encontrar mais ritmo. Esse é um trabalho em curso e espero que nós possamos estar em boa forma no domingo", comentou ele, ao fim das sessões.

Hamilton, que havia ficado a 0s215 de Rosberg no primeiro treino livre, até se aproximou do alemão no segundo, mas não conseguiu superá-lo, tendo marcado o tempo de 1min32s322, a apenas 0s072 do líder do campeonato. No sábado, a sessão de classificação será realizada a partir das 3 horas (de Brasília).

Hamilton vai tentar encerrar um jejum de quatro provas sem vitórias, além de assegurar o seu terceiro triunfo consecutivo no circuito de Suzuka, onde já triunfou em três oportunidades. Já Rosberg nunca venceu a prova japonesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.