Force India vacila com pneus e Hülkenberg perde posição no grid na Alemanha

Alemão cai de sétimo para oitavo no grid para o GP da Alemanha

Estadão Conteúdo

30 de julho de 2016 | 18h01

Após a realização do treino de classificação do GP da Alemanha de Fórmula 1, neste sábado, em Hockenheim, a direção da prova confirmou três punições diferentes que mudaram posições no grid de largada. A mais importante deles envolveu o alemão Nico Hülkenberg, que foi bem ao ficar em sétimo com a sua Force India, mas que acabou punido com a perda de uma posição por causa de um vacilo de sua equipe.

A escuderia se esqueceu de devolver à Pirelli um jogo de pneus usado no terceiro e último treino livre, realizado também neste sábado, e fez uso dos mesmos na sessão qualificatória para o grid, o que é proibido. Desta forma, Hülkenberg caiu para o oitavo lugar do grid e viu o finlandês Valtteri Bottas, da Williamr, herdar o sétimo posto.

Antes disso, por diferentes razões, o espanhol Carlos Sainz Jr, da Toro Rosso, e o francês Romain Grosjean, da Haas, haviam sido punidos respectivamente com a perda de três e cinco colocações e sairão do 16º e 20º lugares do grid neste domingo. A prova alemã terá largada às 9 horas (de Brasília).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.