Hamilton minimiza preocupação com vantagem de Rosberg: 'Adoro um desafio'

Lewis Hamilton evitou demonstrar preocupação com a vantagem de Nico Rosberg no Mundial de Fórmula 1, nesta quinta-feira. Às vésperas do GP da Espanha, em Barcelona, o inglês minimizou a diferença de 43 pontos para o alemão e deu um recado ao companheiro na Mercedes: "adoro desafios".

Estadão Conteúdo

12 de maio de 2016 | 16h15

"Não por que se preocupar. Eu só preciso trabalhar duro para seguir em frente", disse o atual bicampeão da categoria. O piloto só se mostrou preocupado com o número menor de motores a sua disposição, em razão de problemas no seu carro nas últimas duas provas do campeonato.

"Eu tenho menos motores que Nico, menos provavelmente que os outros pilotos também. Só tenho que fazer o que posso com o que tenho. Será uma montanha bem íngreme para subir, mas eu adoro um desafio. Então, estou empolgado", declarou Hamilton, que viu Rosberg vencer as quatro corridas da temporada.

Ao fim da última etapa, na Rússia, Hamilton levantara suspeitas sobre mudanças em sua equipe de mecânicos. Ele insinuou que recentes alterações seriam responsáveis pelos problemas enfrentados em seu carro nas duas últimas provas.

Nesta quinta, ele negou qualquer intenção de promover mudanças em seu time de mecânicos. "Não há nada a fazer. Os problemas que tivemos não tem nada a ver com os mecânicos. Eles vêm fazendo um grande trabalho tanto comigo quanto com Nico nos últimos três anos e meio. Não há nenhuma preocupação quanto a isso", ressaltou o inglês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.