Srdjan Suki|EFE
Srdjan Suki|EFE

Hamilton vibra com 'volta sensual' e 50ª pole position na carreira

Inglês da Mercedes vibra com desempenho em treino classificatório

Estadão Conteúdo

19 de março de 2016 | 11h35

Em 66 anos de história, a Fórmula 1 só havia visto dois pilotos atingirem a marca de 50 pole positions na carreira: Ayrton Senna, que faleceu com 65, e Michael Schumacher, que se aposentou com 68. Neste sábado, Lewis Hamilton entrou no time ao marcar a pole do GP da Austrália, que abre a temporada 2016 da principal categoria do automobilismo.

Na estreia do novo formado de classificação, criticado pelo britânico, Hamilton colocou 0s8 sobre o terceiro colocado, Sebastian Vettel, e superou seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, que havia feito a pole nas últimas cinco etapas da temporada passada. Por enquanto, o atual bicampeão está tendo um fim de semana perfeito, tendo liderado também os três treinos livres.

Neste sábado, comemorou muito o momento. "Diria que foram voltas sensuais. Curti muito guiar o carro hoje (sábado). O acerto estava perfeito e eu me senti muito bem. Não cometi erros e me sinto muito feliz", disse ele, que estava muito satisfeito com seu desempenho no treino. "Não estou brincando, acelerei muito hoje. Foi um trabalho fantástico por parte da equipe, estou muito feliz com o carro."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.