Thomas Frey|EFE
Thomas Frey|EFE

Marussia reforça equipe técnica com mais um ex-ferrarista

Pat Fry foi diretor de engenharia da escuderia italiana

Estadão Conteúdo

25 Janeiro 2016 | 14h05

A Marussia anunciou a contratação de mais um nome de peso com passagem pela Ferrari para reforçar a sua equipe técnica visando a temporada 2016 da Fórmula 1. Nesta segunda-feira, a equipe oficializou a chegada de Pat Fry, que foi diretor de engenharia da escuderia italiana. Agora, ele exercerá a função de consultor de engenharia para a equipe britânica.

"Estamos muito felizes de ter Pat a bordo para nos ajudar crescer correndo com o nosso excitante novo pacote técnico", comentou o diretor de corridas da Marussia, Dave Ryan, confiante que essa contratação trará resultados rapidamente para a equipe.

"O objetivo é trazer desempenho para o carro com efeitos a partir dos testes de Barcelona e, em seguida, levar isso para a pista em Melbourne, para que possamos ser o mais forte possíveis no começo de 2016 e ter uma boa base para o desenvolvimento no início da temporada", acrescentou.

Fry, de 51 anos, trabalha na Fórmula 1 desde o final de década de 1980, tendo passado por outras equipes, como a Benneton e a McLaren. Ele deixou a Ferrari no final de 2014, como parte da reestruturação da equipe.

Na última semana, a Marussia anunciou a contratação de Nicholas Tombazis, que também foi engenheiro da Ferrari, para ser seu novo chefe de aerodinâmica. Curiosamente, as contratações de pessoas com passagem pela equipe italiana se dão para a temporada em que a Marussia deixará de usar motores da Ferrari, passando a utilizar unidades de energia cedidas pela Mercedes.

Após ficar fora das últimas provas do campeonato de 2014 e também do início da temporada 2015 em razão de dívidas, a Marussia conseguiu voltar ao grid da Fórmula 1. O britânico Will Stevens foi o titular em todas as provas que a equipe participou, enquanto o espanhol Roberto Merhi e o norte-americano Alexander Rossi se revezaram em algumas corridas.

Para a temporada 2016, a Marussia ainda não anunciou qual será a sua dupla de pilotos. A equipe vem passando por várias mudanças nas últimas semanas. John Booth deixou o cargo de chefe, enquanto o diretor esportivo Graeme Lowdon também saiu da Marussia. Em compensação, Dave Ryan chegou para ser o novo diretor de provas.

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.