Valdrin Xhemaj|EFE
Valdrin Xhemaj|EFE

Massa quer acabar com má fase na Bélgica: 'Tenho boas lembranças'

Brasileiro da Williams não se deu bem nas últimas corridas da F-1

Estadão Conteúdo

24 Agosto 2016 | 17h07

A pausa na temporada da Fórmula 1 aconteceu em bom momento para o brasileiro Felipe Massa. Após uma 18ª colocação na Hungria e abandonar a prova na Alemanha, o piloto da Williams teve quase um mês de descanso até o início da preparação para o GP da Bélgica, que acontecerá no próximo domingo.

A expectativa de Massa é a de que o retorno para a segunda parte do calendário marque uma fase bem melhor do que o amargado na primeira, na qual somou 38 pontos, 20 a menos do que seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas.

"O GP da Bélgica é uma das melhores pistas da Fórmula 1. A maioria dos pilotos ama o seu velho estilo, e eu me incluo nessa. Espero ter uma grande corrida em Spa-Francorchamps. É um lugar que pode ter pista molhada e seca ao mesmo tempo, então espero que seja um bom final de semana para nós e que tenhamos uma corrida fantástica", comentou.

Massa está na nona colocação na classificação geral. Na etapa da Bélgica, ele tentará voltar a pontuar após passar as últimas quatro corridas fora das dez primeiras posições. "É sempre um prazer correr lá e sentir a performance do carro em uma das melhores pistas do mundo. Também tenho boas lembranças na Bélgica. Já estive no pódio e também ganhei a etapa de 2008. Definitivamente é um lugar que adoro visitar."

Bottas também rasgou elogios à prova do final de semana e acredita que a Williams tem condições de fazer uma boa corrida. "É uma das minhas pistas favoritas, muito legal de pilotar e acho que nossa equipe pode ir bem. O único problema na Bélgica é que as condições do tempo são imprevisíveis. Consegui um pódio em 2014, então guardo boas memórias", comentou.

Mais conteúdo sobre:
Alemanha Williams Bélgica Felipe Massa

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.