Peter Parks|AFP
Peter Parks|AFP

Massa prevê disputa acirrada com Red Bull e Toro Rosso no Bahrein

Piloto conta que espera 'ser mais competitivo nesta pista'

Estadão Conteúdo

31 de março de 2016 | 14h09

Com Mercedes e Ferrari alguns passos à frente das demais equipes, o que resta para a Williams é lutar para se consolidar como o terceiro melhor carro da Fórmula 1. Após terminar o GP da Austrália na quinta posição, o brasileiro Felipe Massa chega ao GP do Bahrein sob a expectativa de voltar a ter uma disputa acirrada com os carros da Red Bull e da Toro Rosso.

"Eu realmente espero que aqui possamos estar na frente. Espero que possamos ser mais competitivos nesta pista, porque sabemos que vamos ter uma grande luta com estas duas equipes e talvez algumas outras equipes também. Eu acho que nós vimos que Mercedes e Ferrari estavam muito fortes, como esperado. Espero que esta pista possa ser melhor para nós", disse.

Na estreia na temporada, no GP da Austrália, Massa largou em sexto lugar, atrás de um dos pilotos da Toro Rosso - Max Verstappen -, e terminou a corrida na quinta posição, atrás de uma Red Bull, o australiano Daniel Ricciardo.

"Eu acho que foi um bom começo para nós. Foi mais ou menos onde esperávamos estar. Também é verdade que a Red Bull estava muito forte na corrida e até mesmo a Toro Rosso, eles eram muito fortes. Foi uma grande luta com eles, incluindo o treino de classificação", afirmou.

No ano passado, Massa ficou apenas em décimo lugar no GP do Bahrein. Mas ele já venceu a prova duas vezes, ambas pela Ferrari. Por isso, sua motivação é ainda maior para a segunda corrida de 2016. "Sempre quando você tem boas corridas em uma pista, você gosta, então estou ansioso para outra no domingo", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
Felipe MassaFórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.