Massa se diz satisfeito com décimo lugar no grid no GP da Alemanha

Brasileiro da Williams espera avançar algumas posições no GP

Estadão Conteúdo

30 de julho de 2016 | 16h54

Felipe Massa largará na décima colocação no GP da Alemanha de Fórmula 1. O piloto da Williams conseguiu avançar no sufoco nas duas fases do treino de classificação deste sábado e no Q3 ficou duas posições atrás do seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas. O finlandês sairá em oitavo.

"Foi um classificatório muito disputado, especialmente com a Force India. Estamos constantemente brigando por um décimo com eles. Fiquei muito feliz com minha volta. Agora vou tentar melhorar ainda mais para este domingo", comentou.

Massa, no entanto, ficou atrás dos dois pilotos da Force India. Sergio Pérez largará em nono e Nico Hulkenberg, em sétimo. Depois de passar em 15º no Q1, Massa quase ficou de fora do Q2 após ser atrapalhado Carlos Sainz Jr. em sua volta rápida.

No entanto, garantiu a 10ª e última vaga na superpole, dois décimos mais veloz que o primeiro eliminado, Esteban Gutiérrez, da Haas. Sainz acabou sendo punido com a perda de três posições no grid de largada.

O brasileiro lamentou apenas um erro durante o Q3 que pode ter lhe custado uma posição no grid. "Fui muito além na curva 12 e perdi tempo na minha volta por causa disso. Essa é a única coisa que aconteceu, do contrário teria sido facilmente um décimo mais rápido", analisou.

Já Felipe Nasr foi eliminado no Q1, e ficou com o penúltimo tempo, em 21º, à frente apenas de seu companheiro de Sauber, Marcus Ericsson. "Foi mais um classificatório difícil para nós. Senti que estava em uma boa volta, no entanto nós vimos isso no resultado. No momento, esse é o máximo que podemos extrair do nosso pacote atual no classificatório. Salvamos um jogo de pneus, então esperamos que a gente faça bom uso deles na corrida. Estou confiante que possa ganhar algumas posições", finalizou.

A pole position ficou com o alemão Nico Rosberg, seguido por seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton. O inglês está na liderança do Mundial, com 192 pontos, e Rosberg em segundo, com 186. Os pilotos voltam à pista em Hockenheim neste domingo, às 9 horas (de Brasília), para o GP da Alemanha, a 12.ª etapa da Fórmula 1 em 2016.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.