Srdjan Suki| EFE
Srdjan Suki| EFE

Punido e largando em 7º, Vettel acredita em pódio na Rússia

'Se você faz o 2º tempo, você pertence a ele', diz alemão

Estadão Conteúdo

30 de abril de 2016 | 16h17

Após fazer o segundo melhor tempo dos treinos classificatórios e sofrer uma punição de cinco posições, o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, vai largar da sétima colocação no grid do GP da Rússia de Fórmula 1, neste domingo. Neste sábado, o piloto manteve a confiança e afirmou que tem tudo para brigar por um lugar no pódio.

"Se você faz o segundo tempo, você pertence àquele lugar. Com a penalidade, eu tenho de largar mais atrás, mas acho que sou mais rápido que esses carros da minha frente. Então tenho uma boa chance de progredir durante a corrida. Mesmo assim, nunca é fácil", ponderou Vettel.

O alemão foi punido com a perda de cinco posições no grid após a troca do câmbio de sua Ferrari. Neste sábado, ele fez o segundo melhor tempo com 0s7 de desvantagem para o pole position Nico Rosberg, da Mercedes. Questionado por um jornalista do seu país se imaginaria que a diferença em relação à Mercedes aumentaria tanto, Vettel desconversou.

"Eu não sei. Malditos alemães! Sempre pessimistas. Me mostrem algum otimismo", brincou o tetracampeão mundial. "Só tivemos três corridas e meia e ainda não tivemos uma prova que saísse sem imprevistos. Poderíamos ter vencido o primeiro GP. Acredito que de uma maneira geral nós não estamos indo tão mal, temos um ótimo ritmo de corrida e é ali onde se ganha os pontos", acrescentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.