Nasr lamenta desempenho em treino e cobra evolução para o GP da Alemanha

Brasileiro teve mais um dia para esquecer na temporada da Fórmula 1

Estadão Conteúdo

29 de julho de 2016 | 15h46

O brasileiro Felipe Nasr teve mais um dia para esquecer na temporada da Fórmula 1. Nesta sexta-feira, o piloto da Sauber mais uma vez sofreu com o péssimo desempenho de seu carro e teve um resultado pífio em Hockenheim. Na primeira sessão do dia, foi apenas o 19.º colocado, mas na segunda foi ainda pior e terminou na 22.ª e última posição.

"Foi um dia difícil para mim. Eu não estava confortável no carro. O controle e a dirigibilidade do carro estão ruins no momento. Não estamos sabendo trabalhar os pneus corretamente, nem os ajustes do carro. Vamos olhar para áreas diferentes do carro para entender de onde estão vindo os problemas. Nós precisamos resolver isto para o resto do fim de semana", declarou.

Para piorar, Nasr ficou quase um segundo atrás de seu companheiro de equipe, o sueco Marcus Ericsson, nas duas atividades. Agora, o brasileiro terá que evoluir bastante para lutar por boas posições na prova de domingo. Até o momento, ele tem uma 12.ª posição, no Azerbaijão, como melhor resultado em 2016.

Tudo o que sabemos sobre:
Felipe NasrSauberMarcus Ericsson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.