Principal patrocinador deixará Ganassi após 27 anos de parceria na Indy

No período, equipe conquistou 11 títulos e quatro vitórias em Indianápolis

Estadão Conteúdo

27 de julho de 2016 | 12h13

Uma das mais longas parcerias do automobilismo chegará ao fim com o término da temporada 2016 da Fórmula Indy. Nesta quarta-feira, a Target, rede de lojas de varejo dos Estados Unidos, deixará de ser a patrocinadora principal da equipe Chip Ganassi após um período de 27 anos em que foram conquistados 11 títulos e quatro vitórias nas 500 Milhas de Indianápolis.

A saída se dá no momento que a Target examina todas as suas plataformas de marketing sob a presidência de Brian Cornell. O relacionamento foi considerado como fundamental para o crescimento da Ganassi e vem desde os primórdios da equipe, com a parceira sendo um dos pilares que a levaram a ser hoje um dos dois principais times da Indy.

Ao comentar a decisão de deixar a Indy, o vice-presidente sênior da Target, Scott Nygaard, enumerou uma lista de feitos alcançados: Jimmy Vasser ganhou o primeiro campeonato da Ganassi, Alex Zanardi faturou outro dois, Juan Pablo Montoya assegurou o primeiro triunfo da equipe nas 500 Milhas de Indianapolis e a equipe vem dominando a última década com conquistas de Dario Franchitti e Scott Dixon.

"Foi uma decisão muito difícil que tomamos, nós estivemos com a Chip Ganassi por 27 anos e estamos ridiculamente orgulhosos do sucesso", disse Nygaard disse em uma entrevista à agência de notícias The Associated Press. "Mas a marca da Target é ser fresca e nova, portanto, sentimos que este era o momento para tomar essa decisão difícil e expandir a nossa plataforma de marketing esportivo".

 

Chip Ganassi celebrou a parceria de sucesso com a Target e garantiu compreender o a decisão da empresa de encerrar o acordo depois de quase três décadas juntos na Indy. "É o maior patrocinador no automobilismo em todos os tempos", disse Ganassi. "Eles me desenvolveram pessoalmente e profissionalmente. Eu desenvolvi amizades e relacionamentos ao longo da vida. Eu entendo que as coisas mudam e as pessoas têm diferentes esforços de marketing, e a forma como eles querem carimbar o seu nome nas coisas".

Agora sabendo que disputa o seu último campeonato com o apoio da Target, a Chip Ganassi tem Dixon como o seu piloto melhor classificado, em quarto lugar, numa temporada dominada pela Penske. O brasileiro Tony Kanaan é um dos seus quatro competidores e ocupa a sexta posição no campeonato da Indy.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.