Raikkonen se surpreende com bom desempenho após garantir 3º lugar no grid

Quarto melhor do treino, Vettel largará em sétima por punição

Estadão Conteúdo

08 Outubro 2016 | 16h32

Após cravar o terceiro melhor tempo nos treino de classificação para o GP do Japão, neste sábado, Kimi Raikkonen admitiu que ficou surpreso com o bom desempenho de sua Ferrari no circuito de Suzuka. Após encarar problemas no equilíbrio do carro durante os treinos livres, o finlandês comemorou por ter ficado à frente dos carros da Red Bull.

"Honestamente, é praticamente o mesmo carro que usamos na corrida há uma semana. Eu estou positivamente surpreso de quão bem o carro tem se comportado e quão rápido temos andado", comentou Raikkonen, em entrevista coletiva após o treino.

"Obviamente, tem sido bastante difícil manter o equilíbrio correto, mas até agora fomos muito bem", acrescentou. Mas o bom humor parou por aí e ele deixou claro que gostaria de brigar pelas posições na primeira fila, ocupadas novamente pelas Mercedes de Nico Rosberg e Lewis Hamilton. "Terceiro não é o que a gente procura, mas chegamos bem perto. Não foi tão ruim."

Raikkonen reclamou que o carro tem saído de dianteira durante o final de semana, mas viu melhora no desempenho na sessão de classificação em relação aos treinos livres. "Me surpreendi com nossa competitividade e por chegar tão perto das Mercedes. Hoje o carro estava saindo menos de frente e isso ajudou muito na primeira parte da volta", analisou.

O campeão mundial de 2007 mostrou otimismo para a prova que será disputada na madrugada deste sábado para domingo. "Estamos felizes, mas temos muito trabalho a ser feito. Estamos rápidos e isso não vai mudar de repente amanhã. Geralmente somos melhores no ritmo de corrida, mas temos de esperar para ver. Vai depender muito das condições do tempo e outras coisas, mas faremos o nosso melhor", previu.

VETTEL LAMENTA PUNIÇÃO

Punido com a perda de três posições no grid de largada do GP do Japão por uma incidente na última corrida, Vettel fez o quarto melhor tempo no classificatório deste sábado e vai largar da sétima posição no domingo. Assim como Raikkonen, o alemão da Ferrari se mostrou contente com o desempenho do carro, mas lamentou a punição.

"Foi um grande resultado para nós como equipe. Para mim, errei um pouco no Q3 com o último setor e perdi muito tempo. Mas, sobretudo, foi um ótimo treino, nosso carro foi bem em todas as sessões e é muito satisfatório colocar os dois carros à frente das Red Bull", comentou o tetracampeão da Fórmula 1.

"Claro, amanhã vou começar um pouco atrás por conta da punição, mas é assim mesmo, a gente aguenta. Mesmo assim, acho que a velocidade vai nos ajudar a recuperar essas posições e veremos o que podemos fazer. Acho que vai ser uma briga próxima e muito vai depender de como lidamos com o desgaste dos pneus, porque todo mundo começa com o mesmo jogo de pneus, depois vamos ver como a estratégia sai", finalizou Vettel.

Mais conteúdo sobre:
Sebastian vettel Kimi Raikkonen Ferrari

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.