Red Bull e Haas fazem escolhas mais agressivas de pneus para o GP da Rússia

A Pirelli revelou nesta terça-feira quais foram as escolhas de pneus das equipes para o fim de semana da próxima prova da temporada 2016 da Fórmula 1, o GP da Rússia, agendado para 1º de maio. E, segundo as apostas realizadas, as equipes Red Bull e Haas adotaram as posturas mais agressivas.

Agência Estado, Estadão Conteúdo

19 de abril de 2016 | 11h23

A terceira colocada no Mundial de Construtores e a equipe novata fizeram escolhas idênticas, com dez jogos de pneus supermacios para cada um dos seus pilotos. E a seleção de Red Bull e Haas foi completada por um composto macio e dois médios. Já Ferrari e Manor foram as equipes que escolheram menos os pneus mais moles - seis cada. A Manor, aliás, foi o único time do grid a selecionar mais de um jogo de pneus médios - dois.

Pela primeira vez até aqui na temporada 2016 da Fórmula 1, as seleções dos companheiros de equipe foram idênticas. Assim, na Mercedes, o alemão Nico Rosberg, líder folgado do campeonato, e o inglês Lewis Hamilton, atual bicampeão mundial, terão oito jogos de supermacios, quatro macios e um médio à disposição para cada na Mercedes.

Na Williams, de Felipe Massa, serão nove conjuntos de pneus supermacios, três macios e um do médio. Já a Sauber, do brasileiro Felipe Nasr, escolheu sete jogos de compostos supermacios, cinco dos macios e um do médio.

O GP da Rússia será a quarta das 21 etapas da temporada 2016 da Fórmula 1, sendo realizada no circuito de Sochi. A largada da prova está marcada para as 9 horas (de Brasília) em 1º de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.