Franck Robichon| EFE
Franck Robichon| EFE

Rosberg desbanca Hamilton, lidera 2ª sessão e é o mais rápido do dia nos EUA

GP dos EUA será às 17h (Brasília) neste domingo

Estadão Conteúdo

21 Outubro 2016 | 18h51

O alemão Nico Rosberg foi o mais rápido na segunda sessão de treinos livres desta sexta-feira para o GP dos Estados Unidos de Fórmula 1 e mostrou que seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, deverá ter muito trabalho no fim de semana. Precisando vencer para seguir sonhando com o título do Mundial de Pilotos, o inglês ficou somente na terceira posição da atividade.

Em meio às reviravoltas da temporada, Rosberg emendou uma sequência de ótimos resultados nas últimas provas e abriu 33 pontos de vantagem para Hamilton. Por isso, cada prova é definitiva para o futuro do inglês neste Mundial, e ao menos neste primeiro dia no circuito de Austin, o panorama não foi nada animador, já que o melhor tempo da sexta foi do alemão.

Nesta segunda sessão, Rosberg cravou a marca de 1min37s358, quase três décimos à frente de Hamilton, que marcou 1min37s649. Este tempo do alemão também foi melhor do que o de seu principal rival na primeira sessão do dia, na qual Hamilton foi o mais veloz, com 1min37s428.

Ao longo da semana, Hamilton admitiu que o campeonato está nas mãos de Rosberg, mas descartou deixar a briga pelo troféu. Por isso, precisa dar uma resposta imediata para seguir com chances reais de ser campeão. E o GP dos Estados Unidos parece ser o palco ideal para isso, afinal, o inglês venceu três das quatro provas já realizadas no Circuito das Américas, o palco do seu terceiro título, assegurado no ano passado.

Mas Rosberg foi o pole position da prova nas últimas duas edições, vive grande fase e começou bem novamente o fim de semana nos Estados Unidos. Na parte da tarde, foi seguido de perto somente pelo australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, que marcou 1min37s552.

A Red Bull, aliás, mostrou ter boas condições de fazer bonito em Austin e colocou dois pilotos entre os cinco primeiros. Companheiro de Ricciardo, Max Verstappen foi justamente o quinto colocado na sessão da tarde, com o tempo de 1min38s258, pouco atrás de Sebastian Vettel, que marcou 1min38s178.

Quem novamente deu esperança a seus torcedores nas sessões da sexta foi a McLaren, com Jenson Button em oitavo (1min38s713) e Fernando Alonso logo depois, em nono (1min38s801). Nico Hulkenberg, em sexto (1min38s508), Sergio Pérez, em sétimo (1min38s568) e Kimi Raikkonen, décimo (1min38s865), completaram os dez primeiros.

A sexta-feira também não se mostrou nada animadora para os brasileiros. Felipe Nasr, da Sauber, até teve um desempenho melhor do que vinha conseguindo e foi o 13.º da segunda sessão, com o tempo de 1min39s189. Mas Felipe Massa, da Williams, decepcionou, cravou somente 1min39s281 e foi o 16.º.

O treino de classificação do GP dos Estados Unidos está agendado para as 16 horas (de Brasília) do sábado. Já a largada da 18ª etapa da temporada 2016 ocorrerá às 17h deste domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.