Reuters/ Olivier Matthys
Reuters/ Olivier Matthys

Rosberg mostra alívio com pole, mas se preocupa com calor em Spa

Piloto alemão relatou forte desgaste dos pneus com os 34 graus de temperatura na Bélgica

Estadão Conteúdo

27 Agosto 2016 | 11h42

O alemão Nico Rosberg não escondeu o alívio com a pole position no GP da Bélgica. O piloto da Mercedes encara a corrida em Spa-Francorchamps como sua grande oportunidade de alcançar o inglês Lewis Hamilton no Mundial de Pilotos. Dependendo dos resultados, Rosberg poderá até retomar a liderança do campeonato.

Isso porque Hamilton trocou diversos componentes de sua Mercedes, o que gerou uma série de punições que causaram perdas de posições no grid. O inglês largará da penúltima colocação na prova deste domingo. Se não conseguir fazer uma corrida de recuperação, Hamilton poder ver reduzida a vantagem de 19 pontos na liderança.

"Alcançamos nosso objetivo. Estou feliz de conquistar a pole", disse o alemão, sem deixar de se preocupar com a corrida. Apesar da situação favorável em relação a Hamilton, Rosberg teme problemas com os pneus, diante da alta temperatura na cidade belga.

A temperatura atingiu 34 graus neste sábado em Spa. "Teremos trabalho com os pneus. Muitas coisas vão acontecer", disse, referindo-se às paradas nos boxes para troca dos compostos. O forte calor deve acelerar a degradação dos pneus ao longo da corrida.

"Simplesmente não conseguimos ser [mais] rápidos. Está quente e a pressão dos pneus da Pirelli está alta neste fim de semana. Está um mundo diferente lá fora", disse, ao reclamar do calor.

A corrida deste domingo em Spa tem largada marcada para as 9 horas da manhã (horário de Brasília).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.