Andrew Boyers/Reuters
Andrew Boyers/Reuters

Sem fazer prognósticos, Nasr exalta GP da Bélgica: 'É o meu favorito'

Brasileiro ainda não pontuou no Mundial de pilotos deste ano

Estadão Conteúdo

24 Agosto 2016 | 15h51

O brasileiro Felipe Nasr ainda não pontuou na atual temporada da Fórmula 1. Após 12 corridas disputadas, o melhor resultado com a limitada Sauber foi uma 11ª colocação no GP da Europa, em 3 de julho. Depois da longa pausa no mês de agosto, os carros voltam à pista para o GP da Bélgica, que acontecerá no próximo domingo, com largada prevista para as 9 horas (horário de Brasília).

Nasr evitou fazer promessas por conta das dificuldades encontradas até aqui, mas afirmou que tem um carinho especial pelo tradicional circuito de Spa-Francorchamps.

"É o meu preferido do calendário. O traçado é único, tem várias trechos de alta velocidade com uma combinação de curvas. Como piloto, você consegue fluir bem nessa combinação de curvas. Pelo lado técnico, a combinação de baixo downforce e tração é essencial para ser competitivo", comentou.

O brasileiro ficou bem perto de pontuar na temporada passada no circuito belga. Em uma prova de grande recuperação, ele terminou em 11º lugar.

Nasr também acredita que possa fazer uma boa corrida na etapa seguinte, no GP da Itália, em Monza. "Lá também precisaremos encontrar um eficiente balanço para ser rápido nas retas e não perder muito tempo nas curvas. O carro flui muito bem também. A Parabólica é minha curva favorita", comentou.

A etapa da Itália faz o brasileiro lembrar dos tempos em que morou no país europeu em 2009, quando competia nas categorias de base do automobilismo. "Morei muito próximo do circuito. Conheço bem o lugar por causa de todas as categorias que corri ali", finalizou o brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.