Sem sucesso recente em Mônaco, Massa prevê corrida 'muito difícil'

'É fácil perder a concentração e acertar o muro', diz brasileiro

Estadão Conteúdo

24 de maio de 2016 | 11h32

Apesar dos resultados pouco expressivos nos últimos anos em Mônaco, Felipe Massa disse estar ansioso pela corrida da Fórmula 1 no próximo domingo, nas ruas de Montecarlo. O brasileiro espera uma prova "muito difícil" num traçado no qual não vem se destacando nas últimas temporadas. No ano passado, foi apenas o 15º colocado.

"É sempre uma corrida muito difícil porque é fácil perder a concentração e acertar o muro. Mas estou ansioso para termos um fim de semana incrível numa das corridas em que me sinto em casa", comentou o piloto da Williams, cujo melhor resultado na prova foi o terceiro lugar obtido em 2007 e 2008, ainda pela Ferrari.

Massa se diz ansioso em parte por ter intimidade com o traçado. O brasileiro tem residência em Mônaco e está acostumado a percorrer as ruas que vão virar o circuito no fim de semana.

"Mônaco é outra corrida em casa para mim porque moro lá. Não sou de Monaco, mas com certeza é a minha cidade. Eu passo pelas ruas na maior parte do tempo quando ainda não é um circuito. E, de repente, tudo muda e temos uma pista de corrida. É incrível o que eles conseguem fazer com aquelas ruas estreitas, em que podemos correr a 300 km/h", afirmou.

Massa e os demais pilotos da Fórmula 1 vão para a pista na quinta-feira para os dois primeiros treinos livres da etapa. Como de costume, não haverá atividades na pista na sexta. E, no sábado, disputarão o treino classificatório às 9 horas (de Brasília), mesmo horário da corrida de domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.