Tony Kanaan renova com a Ganassi e disputará sua 20ª temporada na Indy

Brasileiro tem 41 anos e chegou à categoria em 1998

Estadão Conteúdo

11 Outubro 2016 | 16h14

Aos 41 anos, o brasileiro Tony Kanaan garantiu nesta terça-feira que seguirá competindo na Fórmula Indy. Durante a tarde, a Ganassi anunciou a renovação de seu contrato por "múltiplos anos", o que permitirá ao piloto disputar sua 20.ª temporada na categoria em 2017, sendo a quarta com esta equipe.

"Estou empolgado por acertar com a Ganassi, que tem sido uma das mais recompensadoras parceiras da minha carreira", declarou Kanaan. "Tem sido ótimo ser parceiro da equipe, que é tão comprometida com fazer nosso desempenho ser o mais forte possível, o que tem sido mostrado no nosso crescimento juntos pelos anos. Nossa temporada de 2016 foi forte, mas nossos resultados nem sempre refletiram o desempenho, então temos negócios em aberto para 2017."

Sétimo colocado em 2016, Kanaan apareceu para o automobilismo na Indy Light e chegou à categoria principal em 1998. Sua melhor temporada foi em 2004, quando se sagrou campeão pilotando um carro da Andretti. No ano seguinte, foi o vice-campeão. Ele ainda tem dois terceiros lugares no currículo, em 2007 e 2008.

O brasileiro também venceu a tradicional prova das 500 milhas de Indianápolis em uma oportunidade, em 2013, mas desde 2011 não termina entre os cinco primeiros colocados do campeonato. Apesar deste rendimento, o chefe de sua equipe, Chip Ganassi, manifestou a confiança no brasileiro para a temporada que se inicia no dia 12 de março do ano que vem.

"Estamos muito felizes por assinarmos com o Tony para ser nosso piloto. Tony tem desempenhado um forte papel como um de nossos líderes nesta equipe dentro e fora da pista, e nos sentimos sortudos por tê-lo de volta", comentou.

Mais conteúdo sobre:
Velocidade Tony Kanaan

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.