Verstappen diz que batidas em Mônaco servem de lição na Fórmula 1

Apesar da surpreendente estreia pela Red Bull, com vitória no GP da Espanha, o piloto holandês Max Verstappen mostrou no fim de semana que ainda tem muito a aprender na Fórmula 1. No GP de Mônaco, cometeu dois erros bobos que prejudicaram sua performance no treino classificatório, no sábado, e a própria corrida, no domingo. Ciente da desatenção nas falhas, o jovem piloto admite que vai tirar os erros em Mônaco como lição.

Estadão Conteúdo

31 de maio de 2016 | 20h38

"Eu aprendi muita coisa no fim de semana. A primeira foi ficar longe do muro", diz o piloto de 18 anos, que atingiu a proteção tanto no sábado quanto no domingo. "Mas tudo isso é parte de uma curva de aprendizado, de buscar mais experiência", admite o holandês, que não conseguiu completar a corrida de domingo.

Verstappen chamou atenção na F1 neste ano ao ser "promovido" da Toro Rosso para a Red Bull de forma inesperada, após a disputa de somente quatro provas na temporada. Ele trocou de posição com o russo Daniil Kvyat, que vinha irritando a direção da Red Bull em razão dos seguidos erros na pista.

E, logo em sua primeira corrida pela nova equipe, o holandês surpreendeu ao vencer a prova disputada em Barcelona. Ele se tornou o mais jovem da história a vencer uma corrida de F1. O resultado logo criou expectativa quanto a sua performance em Mônaco. Porém, Verstappen só teve motivos para lamentar em Montecarlo.

"O fim de semana começou ok, mas, depois que eu bati no treino classificatório, parece que tudo foi indo mal", afirma o piloto, que largou em 21º no domingo. "Acho que o começo da corrida foi muito bom, mostramos bom ritmo e até algumas voltas mais rápidas. Estava indo bem, chegando à zona de pontuação até que cometi um erro e atingi o muro", lamenta.

"Claro que não é o jeito legal de terminar um fim de semana, principalmente se sua equipe tem o maior trabalho para reconstruir o carro depois da batida de sábado. Tenho que pedir desculpas ao time. Eles mereciam mais", afirma Verstappen.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.