Alejandro García|EFE
Alejandro García|EFE

Vettel confia em vitória para acabar com jejum da Ferrari em Mônaco

Escuderia não vence há 14 anos em tradicional circuito na F-1

Estadão Conteúdo

19 de maio de 2016 | 18h35

Apesar da decepção em Barcelona, Sebastian Vettel mantém a confiança para o GP de Mônaco, próxima etapa do Mundial de Fórmula 1. O piloto alemão acredita que a equipe italiana tem todas as condições de encerrar seu jejum de triunfos no traçado de rua de Montecarlo, na corrida a ser disputada no dia 29. A Ferrari não sobe no lugar mais alto do pódio na tradicional prova desde 2001.

"Acho que em Mônaco teremos um traçado mais forte para nós. No ano passado fomos bastante competitivos lá", diz Vettel, apostando nos novos componentes da Ferrari para esta prova. "Fizemos melhorias em áreas que são muito importantes para este GP. Então, acho que vai nos ajudar bastante."

Em Barcelona, no fim de semana passado, a Ferrari esteve aquém do esperado. Não venceu mesmo depois da batida que tirou os dois pilotos da Mercedes no início da prova. O finlandês Kimi Raikkonen e o alemão Sebastian Vettel ficaram atrás do jovem Max Verstappen, da Red Bull.

"Em Barcelona, não fomos tão competitivos quanto esperávamos, com a exceção de sábado. Agora não estamos na melhor situação, não seremos os favoritos em Mônaco. Mas vamos nos esforçar bastante e, se houver uma chance, vamos buscar a vitória", projetou Vettel.

A Ferrari não vence em Mônaco desde o triunfo do também alemão Michael Schumacher em 2001. O atual vencedor da prova é outro piloto da Alemanha. Nico Rosberg, da Mercedes, levou a melhor nas últimas três edições da corrida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.