Tom Strickland/AP
Tom Strickland/AP

500 milhas de Indianápolis define pole position de 2011 neste sábado

41 carros disputam as 33 vagas no grid da corrida que acontecerá em 29 de maio

MILTON PAZZI JR., estadão.com.br

20 de maio de 2011 | 19h27

SÃO PAULO - A festa do centenário das 500 milhas de Indianápolis começa oficialmente neste sábado, com a definição do pole position para a corrida de domingo que vem, 29 de maio. A partir das 12 horas (e até às 19 horas, todos de Brasília) 41 carros inscritos disputam as 33 vagas disponíveis no grid da primeira etapa em ovais da Fórmula Indy em 2011.

O "Pole Day", como é chamado, acontece em duas partes. A primeira fase do treino tem duração de cinco horas, determinando do 10.º até o 24.º colocado no grid de largada. Os nove melhores vão para a segunda parte, tendo mais 90 minutos para definir o primeiro colocado - e ganhador de uma quantia em dinheiro que ultrapassa os 200 mil dólares (cerca de R$ 324 mil).

Em todas as etapas as voltas são individuais, e cada piloto tem direito a quatro voltas, sendo a média deles que definirá o tempo final de cada um. Se o piloto optar por uma nova tentativa, automaticamente ele perde o tempo anterior estabelecido. Quem não se classificar neste sábado terá o domingo como última tentativa para entrar no grid, no chamado "Bump Day", onde se classificam mais nove carros - do 25.º até o 33.º colocado.

Com as chuvas que caíram durante toda semana no Indianapolis Motor Speedway, todos os pilotos vão para a disputa com pouca quilometragem, pois o campeonato teve três corridas até o momento e todas em circuitos mistos (duas em rua, incluindo São Paulo). Os favoritos são o trio da Ganassi e da Penske, que vem dominando a temporada da F-Indy: Dario Franchitti (ESC), Scott Dixon (NZL), Graham Rahal (EUA), Helio Castroneves (BRA), Will Power (AUS) e Ryan Briscoe (AUS).

O principal duelo é entre Castroneves, vencedor três vezes da prova (2001, 2002 e 2009) e pole nos dois últimos anos (mais rápido nesta sexta, com 367,913 km/h em sua volta mais rápida), e Franchitti, atual campeão desta prova e da Indy, pilotando um carro que tem dominado as disputas em ovais. Perto, Power, maior vencedor em circuitos mistos dos últimos dois anos e atual líder da classificação, com 168 pontos.

Mais brasileiros que disputam toda a temporada também tentam a vaga no grid: Bia Figueiredo (Dreyer&Reinbold), Raphael Matos (AFS), Tony Kanaan (KV-Lotus, que já foi pole das 500 milhas em 2005) e Vitor Meira (AJ Foyt). Bruno Junqueira (pole em 2002) tenta uma vaga com um carro da AJ Foyt.

Dos que disputam vaga apenas para esta corrida, os nomes mais curiosos são do chinês Ho-Pin Tung (Dragon Racing), o americano Scott Speed (Dragon Racing), ex-Fórmula 1, o canadense Paul Tracy (Dreyer&Reinbold) - este bem acima do peso, o experiente americano Buddy Rice (Panther), campeão da prova em 2004, e o também americano John Andretti, 43 anos, sobrinho do multi campeão Michael.

A suíça Simona de Silvestro, que sofreu um forte acidente na quinta-feira, queimou as mãos e teve seu carro da HVM incendiado pela pancada e não treinou nesta sexta por não ter sido liberada pelos médicos. A equipe corre contra o tempo para recuperar o carro e sua tentativa de classificação está ameaçada.

Após a definição do grid de largada, os pilotos passam a semana em eventos e terão ainda um último treino livre antes da corrida.

Atualizado às 20h12 para correção de informação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.