500 milhas de Indianápolis pode ter até 39 carros no grid

Este é o total imaginado pelos organizadores do evento, mas existe a preocupação pela segurança na pista

Redação

10 de abril de 2008 | 13h24

O grid de largada das 500 milhas de Indianápolis terá, no máximo, 39 carros, e já causa preocupação entre os que acompanham a corrida anualmente. É que este é o total que está quase definido pela Honda, fornecedora de motores da categoria, e a administração do lendário autódromo norte-americano, para a etapa da Fórmula Indy, no dia 25 de maio. O número é exagerado pelos problemas que já foram identificados quando a largada teve 33 carros (pelas inscrições abertas a participantes das duas categorias existentes então, a IRL e a Champ Car) em anos anteriores, pelo grande risco de acidentes. A situação se agrava quando se avalia a presença de pilotos inexperientes em ovais que estarão presentes na corrida, vindos da extinta Champ Car.Algumas das equipes da categoria já estudam o que terão de fazer para a prova. Atualmente, existem 26 carros nas corridas da Fórmula Indy, nas duas primeiras etapas, e existem diversos interessados em entrar na prova, como a equipe da americana Sarah Fisher, que estuda colocar mais um carro na primeira semana de testes. O total de carros deve ser confirmado até o começo de maio.HOMENAGEMEmerson Fittipaldi, bicampeão das 500 milhas, é quem vai dirigir o Pace Car na prova deste ano. Ele esteve no autódromo na quarta e não escondeu a emoção com o retorno. "Este lugar é mágico. Eu estou muito, muito feliz de estar de volta a este autódromo bem no ano da reunificação das categorias fórmula nos Estados Unidos. Tenho certeza de que este ano teremos uma ótima corrida", diz o ex-piloto.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula IndyEmerson Fittipaldi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.