500 Milhas de Indianápolis: pole day

O pole position da 88ª edição das 500 Milhas de Indianápolis seráconhecido neste sábado, no tradicional Pole Day, treino que define o piloto que vai encabeçar o grid de largada na prova do dia 30 de maio e também os outros 14 primeiros colocados no grid de largada. Cinco brasileiros irão à pista e, deles, pelo menos um, Hélio Castro Neves, da Penske, tem chances reais de obter a primeiracolocação. Helinho, vencedor das 500 Milhas em 2001 e 2002, foi o melhor em dois dos cinco treinos livres realizados nos últimos dias emIndianápolis. Mesmo assim, prefere a prudência. ?Vai ser bem difícil (o Pole Day).Mas o carro está bom e precisamos manter a calma.? Os treinos que antecederam à sessão que vai definir o pole position foram atrapalhados pela chuva. Nesta sexta-feira, inclusive, o mau tempo forçou o cancelamento da programação de pista. Isso atrapalhou outro brasileiro, Tony Kanaan (Andretti/Green), que planejava ir à pista com dois carros para definir com qual teria maiores chances de brigar pelo primeiro lugar no grid. Com isso, Tony vai ter de escolher um e arriscar. Os outros brasileiros nas 500 Milhas são Vítor Meira, da Rahal; Felipe Giaffone, da Dreyer & Reinbold, e Bruno Junqueira, daNewman-Haas. Bruno disputa regularmente a temporada da Champ Car. Mas sua equipe optou por correr em Indianápolis e não será surpresa se Carl Haas, um dos sócios do time, decidir nos próximos dias passar a correr na Indy Racing League. O Pole Day será longo. O primeiro carro irá à pista às 13 horas (de Brasília) e o treino terá pelo menos três horas de duração. Entre os candidatos à pole estão os americanos Sam Hornish Jr. (Penske) e Roger Yasuwaka (Rahal) e o neozelandês ScottDixon (Chip Ganassi).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.