À distância, Schumacher aplaude virada de Raikkonen

'Fiquei muito feliz de ver Kimi e Felipe cruzando a linha de chegada na liderança no Brasil', conta o ex-piloto

Erik Kirschbaum, da Reuters, REUTERS

22 de outubro de 2007 | 13h16

O heptacampeão mundial Michael Schumacher parabenizou Kimi Raikkonen pela conquista do título da Fórmula 1 deste ano pela Ferrari após a vitória de domingo no Grande Prêmio do Brasil.   Veja também:   Dê uma volta pelo Circuito de Interlagos  Classificação do Mundial  Com título, Raikkonen acaba com a fama de azarado  Título de Raikkonen marca temporada cheia de reviravoltas  A vitória e o título de Raikkonen  Crônica e classificação do GP do Brasil"Que final incrível, que decisão emocionante!", escreveu o ex-piloto da Ferrari em seu site oficial, após Raikkonen e Felipe Massa terem conseguido uma dobradinha em Interlagos que garantiu o título ao piloto finlandês. Raikkonen conquistou o título graças a uma virada surpreendente, após estar 17 pontos atrás do britânico Lewis Hamilton com duas provas faltando para o fim da temporada. Ele venceu os dois grandes prêmios finais e somou 20 pontos, superando tanto Hamilton quanto o bicampeão Fernando Alonso, também da McLaren, por apenas um ponto. "Eu fiquei muito feliz de ver Kimi e Felipe cruzando a linha de chegada na liderança", disse Schumacher, que foi companheiro de Massa na temporada passada. "Sempre acreditei que você nunca deveria desistir e sempre continuar lutando mesmo quando existe apenas uma mínima chance. Parabéns a Kimi e a todos os nosso rapazes -- foi uma super performance", acrescentou o alemão. Schumacher, de 38 anos, conquistou cinco títulos mundiais consecutivos pela Ferrari entre 2000 e 2004. Em 2003, ele sagrou-se campeão apenas na última corrida, vencendo justamente Raikkonen, que estava na McLaren.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.