A vitória foi de Barrichello, diz FHC

O presidente Fernando Henrique Cardoso traduziu neste domingo a frustração dos torcedores brasileiros com o que aconteceu com Rubens Barrichello no GP da Áustria de Fórmula 1. Líder da prova, o piloto brasileiro foi obrigado pela equipe Ferrari a deixar o alemão Michael Schumacher ganhar a corrida. "Hoje, todo o Brasil é unânime: Rubens Barrichello foi o vencedor do Grande Prêmio da Áustria. A taça é dele", declarou FHC, em nota oficial, ao parabenizar Rubinho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.