Robert Pratta/Reuters - 21/05/09
Robert Pratta/Reuters - 21/05/09

Acidente com Buemi irrita Nelsinho Piquet

Brasileiro foi 'atropelado' pelo suíço na 10.º volta do GP de Mônaco

24 de maio de 2009 | 13h36

MONTECARLO - Nelsinho Piquet, da Renault, fez questão de deixar claro o seu descontentamento com Sebastien Buemi, após ser "atropelado" pelo suíço da Toro Rosso antes da curva Saint Devote. A batida provocou o abandono de ambos do GP de Mônaco deste domingo.

Veja também:

link Button vence a quinta em dobradinha da Brawn em Mônaco

"Bem, você viu, eu senti. É isso que dá colocar pilotos sem experiência na Fórmula 1. O Buemi acertou com tudo atrás de mim", disse o brasileiro, em entrevista à TV Globo. "O [Sebastian] Vettel estava segurando todo mundo. Lógico que eu não ia deixar ele passar. Aí eu tive que tirar o pé. Em Mônaco, mesmo com um carro dois segundos mais lento à sua frente, você tem que tomar cuidado. Tomei uma pancada e quase machuquei o pescoço", continuou reclamando o piloto.

Mais tarde, Buemi lamentou ter causado o acidente e disse ter ido até o box do brasileiro para se desculpar. "Eu estava atrás de Piquet, e quando tentei ultrapassá-lo não consegui frear e nem sair de trás dele, por isso acabei empurrando seu carro até a primeira curva", disse. "Eu não tive uma largada perfeita e perdi a posição para Piquet, mas isso não foi tão ruim. Então eu tentei ultrapassá-lo. Como Vettel sofria com os pneus, pensei que a única chance de superá-lo seria ultrapassando [Nelsinho]", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Nelsinho Piquet

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.