Acidente com mexicano atrasa fim de treino em Mônaco

Um grave acidente ocorrido com o mexicano Sergio Perez, da Sauber, atrasou o fim do treino de classificação do GP de Mônaco, neste sábado pela manhã, quando faltavam apenas 2min30s para o final da sessão que definiria o grid de largada.

AE-AP, Agência Estado

28 de maio de 2011 | 10h42

Em sua temporada de estreia na Fórmula 1, o piloto vinha surpreendendo como um dos destaques do treino quando acabou perdendo o controle do seu carro na saída do túnel do Circuito de Montecarlo. Em alta velocidade, ele tocou no guardrail e depois seguiu desgovernado até bater de lado em uma barreira de proteção no final da chicane.

Depois da batida, o mexicano ficou inconsciente dentro do seu carro e precisou receber atendimento médico no local. Após ser atendido, ele seguiu de ambulância para um hospital local. Segundo informação colhida pela TV Globo, Perez recuperou os sentidos antes de ser transportado da pista e sofreu um ferimento na perna por causa do acidente.

Curiosamente, o piloto da Sauber se acidentou no mesmo setor da pista no qual o alemão Nico Rosberg também bateu com violência durante a terceira e última sessão de treinos livres em Mônaco, também realizada neste sábado. O piloto da Mercedes, porém, escapou ileso do forte acidente por ter conseguido desviar do muro.

O carro de Rosberg precisou ser guinchado da pista, mas o alemão deixou o mesmo sozinho. O fato, porém, atrasou o treino livre em 13 minutos. Em seguida, o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, fechou a sessão como primeiro colocado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.