Acidente mata piloto em Brasília

Um violento acidente no final do segundo treino oficial para a quinta etapa do Campeonato Brasileiro da Stock Car V8, na tarde desta sexta-feira, no Autódromo Internacional de Brasília, provocou a morte do piloto cearense Laércio Justino, de 38 anos. Laércio nasceu em Fortaleza e morava em Goiânia. O treino livre já havia terminado quando Justino bateu. Na curva da entrada da reta dos boxes, ele perdeu o controle do carro e marcas de pneus no asfalto sugerem que ele derrapou "de lado" ainda na zebra. O carro foi se arrastando por vários metros, atravessou a pista e bateu no guard rail, parando somente depois que se chocou com um guincho. O caminhão ainda bateu numa ambulância do Corpo de Bombeiros. A lateral esquerda do carro de Justino ficou completamente destruída com o impacto. Rapidamente, médicos, equipes de resgate e fiscais correram para o local e retiraram Justino dos destroços. Depois dos procedimentos de reanimação, Laércio Justino foi levado de helicóptero para o Hospital de Base de Brasília, onde morreu, de traumatismo crânio-encefálico cervical, torácico e abdominal.Laércio foi campeão goiano e do Centro-Oeste de Stock Car e tricampeão goiano de Marcas e Pilotos. Também foi campeão brasileiro de Fórmula Corsa e vice-campeão da Copa Corsa e das Mil Milhas Brasileiras. O irmão dele, Ananias Justino, também é piloto de Stock Car. Na Stock Car desta temporada, Laércio Justino participou das quatro primeiras etapas, mas não marcou nenhum ponto. Nos dois treinos livres oficiais desta sexta-feira, ele fez o sexto melhor tempo no primeiro e foi 15º no segundo.

Agencia Estado,

08 de junho de 2001 | 19h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.