Instagram / Anthoine Hubert
Instagram / Anthoine Hubert

Acidente resulta em morte de jovem piloto francês da Fórmula 2 na Bélgica

Corrida da categoria em Spa-Francorchamps foi cancelada após falecimento de Anthoine Hubert

Redação, Estadão Conteúdo

31 de agosto de 2019 | 15h35

O piloto francês Anthoine Hubert morreu em acidente neste sábado no circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica, em prova da Fórmula 2, considerada a categoria de acesso à Fórmula 1. Com a tragédia consumada, a corrida foi cancelada.

Hubert ainda chegou a ser removido de helicóptero para ser socorrido em hospital da cidade de Liège, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do centro médico. Outro piloto envolvido no acidente, o espanhol Juan Manuel Correa também foi encaminhado para a mesma unidade hospitalar e está sob observação, em condição estável, de acordo com a Federação Internacional de Automobilismo (FIA, na sigla em francês).

O carro do jovem de apenas 22 anos se envolveu em um acidente com outros quatro pilotos logo na segunda volta da prova, na famosa curva Eau Rouge do circuito belga, que recebe também o GP de Fórmula 1 neste final de semana.

Tudo começou quando o também francês Giuliano Alesi rodou na pista e foi atingido por Hubert, que foi à barreira de pneus. Na sequência, Correa acertou o carro de Hubert em uma colisão em T (quando se atinge, de frente, a lateral de outro carro). O japonês Marino Sato e o suíço Ralph Boschung, assim como Alesi, também se envolveram no acidente, mas não tiveram qualquer ferimento.

A colisão fez com que o carro de Correa capotasse e foi tão forte que deixou os pés do piloto espanhol expostos. Já o cockpit de Hubert teve a sua parte traseira separada do restante do carro.

Segundos após o acidente, a direção da prova decretou bandeira vermelha e cancelou o evento, que era parte da 17.ª etapa da temporada de 2019 da Fórmula 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.