Marcelo del Pozo/Reuters
Marcelo del Pozo/Reuters

'Ainda é cedo para apostar na Ferrari', diz diretor da Pirelli

Equipe italiana começa pré-temporada da Fórmula 1 em Jerez com o melhor tempo, mas Paul Hembery destaca poderio da Mercedes

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

03 de fevereiro de 2015 | 13h54

O bom início da Ferrari nos testes da pré-temporada da Fórmula 1, em Jerez de La Frontera, deixou o fãs da equipe italiana animados. Mas para o diretor da Pirelli, Paul Hembery, ainda é cedo para dizer que a escuderia de Maranello vai dominar a categoria na próxima temporada, mesmo depois de Sebastian Vettel ter sido o mais rápido no circuito espanhol em dois dias seguidos.

"Se alguém quiser apostar em alguma equipe, é melhor esperar um pouco mais. Ainda é cedo. A Ferrari está bem, mas ainda vejo a Mercedes como a favorita por tudo o que fez em 2014", disse o diretor de Motorsport da empresa distribuidora de pneus para a categoria. Hembery está de passagem pelo Brasil e conversou com um grupo de jornalistas sobre as expectativas para a temporada.

A Ferrari teve em 2014 um dos piores anos da história. A equipe passou a temporada inteira sem obter uma vitória pela primeira vez desde 1993. Por isso, os bons tempos conseguidos por Vettel surpreenderam a Fórmula 1 e quebraram a dominância da Mercedes.


A Pirelli afirma ter preparado um composto melhor de pneus para 2015, com o intuito de solucionar reclamações das equipes em anos anteriores. Segundo Hembery, em algumas pistas mais modernas do calendário, como Malásia e China, será possível obter tempos menores. "Temos mudanças na constituição dos pneus, com a adoção de componentes diferentes e que vão ajudar principalmente os penus de pista seca", explicou.

Tudo o que sabemos sobre:
velocidadeFórmula 1FerrariPirelli

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.