Alain Prost passa desavenças a limpo

Alguém que não reconheça sua fisionomia, jamais pensará que aquele baixinho, de 1,68 m, nariz adunco, grande, unhas roídas até quase sangrar, cabelos longos e encaracolados é um dos maiores campeões de todos os tempos na Fórmula 1. Com 51 vitórias em provas do campeonato, Alain Prost é o maior vencedor da história, o que lhe garantiu o título de "Professor." No fim de 1993 ele abandonou as pistas, em seguida à conquista do quarto título mundial, e desde 1997 dirige sua própria equipe, a Prost Grand Prix. Mas se como piloto recebeu o apelido de "mestre", como dirigente muitos afirmam que ainda não saiu do primeiro grau.Leia a íntegra no Estado

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.