Carmo Correia/EFE
Carmo Correia/EFE

Alemã celebra sucesso em cirurgia após acidente na F-3 e garante: 'Vou voltar'

Sophia Floersch usou das redes sociais para tranquilizar sobre seu estado de saúde logo após pronunciamento oficial de sua equipe

Estadão Conteúdo

20 de novembro de 2018 | 13h26

A alemã Sophia Flöersch se manifestou nesta terça-feira sobre a cirurgia a que foi submetida após o gravíssimo acidente sofrido no fim de semana, em prova da Fórmula 3. A piloto de apenas 17 anos celebrou o sucesso do procedimento, realizado na segunda-feira, e mostrou otimismo em relação ao seu retorno às pistas.

O depoimento de Flöersch no Instagram aconteceu momentos depois de sua equipe, a Van Amersfoort Racing, divulgar comunicado revelando que a cirurgia havia durado nove horas e sido um sucesso, o que tornava o panorama da piloto positivo. De acordo com a alemã, no entanto, o procedimento foi ainda mais longo, de 11 horas.

"Eu sobrevivi bem à operação, que levou 11 horas. Espero que, de agora em diante, apenas melhore. Eu tenho que ficar mais alguns dias em Macau antes de ser transportável. Quero agradecer aos meus fãs por cada mensagem de apoio, que agora começarei a ler. Isso realmente me motiva e me encoraja", escreveu.

Flöersch sofreu uma fratura na coluna no acidente sofrido no domingo, na etapa de Macau, quando chocou-se com o carro de Sho Tsuboi, perdeu o controle, viu seu veículo alçar voo e ultrapassar o alambrado do circuito, parando apenas quando bateu em uma cabine na qual estavam profissionais da imprensa. Ela ainda precisou retirar um fragmento de osso, que estava perigosamente próximo à espinha.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

I survived the operation which took 11 hours well. Hope from now on it only gets better. I have to stay a few more days in Macau until i am transportable. I want to thank all of my fans for every single get-well wishes, which I now start reading. This really motivates me and gives me courage. My thoughts are also with everyone who was involved in the accident. I hope everybody is healthy. At the accident were really nice people, which I still have in my mind. Thank you for all the encouraging, calming words in these tough minutes in my car. A real big thanks to the medical staff here in Macau for the friendly and professional treatment. A huge thank you to the local FIA rescue-team, @mercedesamgf1 , @hwaag_official, the @fia.official and their medical team in the background and the Macau GP organisation, who support me in the best way. Also a special thank to Dr. Riccardo Ceccarelli and last but not least my Team @vanamersfoortracing, @facuregaliaoficial and @fhabsburg62 , who all suffer with me - you are phenomenal. I’m going to come back!btw... @dallaragroup has build a very stabil chassis. #poweredbypassion #racegirl #onefamily /ad

Uma publicação compartilhada por Sophia (@sophiafloersch) em

A gravidade do acidente e a incerteza sobre o futuro, no entanto, não tiraram a motivação da piloto, que garantiu: "A propósito, eu vou voltar".

O acidente de domingo também deixou o piloto Sho Tsuboi ferido, e ele precisou ser encaminhado ao hospital, assim como um fiscal e dois fotógrafos, que também foram internados. "Meus pensamentos estão com todos os envolvidos no acidente. Espero que todos estejam saudáveis. No acidente, estavam pessoas realmente boas, que ainda tenho em minha mente", afirmou Flöersch.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.