Darko Vojinovic/AFP
Darko Vojinovic/AFP

Alfa Romeo fecha com Valtteri Bottas e promete 'tirá-lo da sombra de Hamilton'

Finlandês chega com missão de ser o astro da equipe suíça e para ocupar a vaga que será deixada por Kimi Raikkonen

Redação, Estadão Conteúdo

06 de setembro de 2021 | 09h27

Valtteri Bottas já sabe onde vai correr a partir de 2022. O piloto da Mercedes foi anunciado nesta segunda-feira como novo contratado da Alfa Romeo "por muitos anos", para a vaga de Kimi Raikkonen, que anunciou a aposentadoria ao fim da temporada. O finlandês chega com missão de ser o astro da equipe suíça e para "sair da sombra" de Lewis Hamilton.

Campeão da GP3 com Fred Vasseur, atual diretor técnico da Alfa Romeo, em 2011, Bottas vai refazer a parceria sob enorme expectativa de repetir o sucesso. Além de ganhar aquela temporada, o finlandês ainda ajudou em quatro títulos de construtores para a ART Grand Prix, então equipe de Vasseur. Foram nove vitórias e 53 pódios.

"Um novo capítulo na minha carreira de automobilismo está se abrindo. Estou animado para ingressar na Alfa Romeo Racing ORLEN em 2022, que será um novo desafio com um fabricante icônico", comemorou Bottas, ainda sem saber quem será seu parceiro. Possivelmente Antonio Giovinazzi também troque de equipe.

"A Alfa Romeo é uma marca que dispensa apresentações, eles escreveram ótimas páginas da história da Fórmula 1 e será uma honra representar esta marca", seguiu, lembrando de quando a equipe ainda era denominada a Sauber. "O potencial da configuração em Hinwil é claro e estou adorando a oportunidade de ajudar a liderar a equipe para frente no grid, especialmente com os novos regulamentos em 2022, dando a chance de dar um salto no desempenho. Estou grato pela confiança que a equipe depositou em mim e mal posso esperar para retribuir", prometeu.

Bottas mostrou-se motivado e ansioso com a nova oportunidade. "Estou mais faminto do que nunca por correr por resultados e, quando chegar a hora, por vitórias. Eu conheço Fred bem e estou ansioso para conhecer o resto da equipe com quem vou trabalhar, construindo relacionamentos tão fortes quanto os que tenho na Mercedes."

Vasseur não esconde a empolgação com o acerto e fala em brilho de Bottas na Alfa Romeo. "Eles (Mercedes) ganharam oito campeonatos (quatro pilotos de Hamilton e quatro construtores) juntos. E Valtteri sempre foi conhecido como companheiro de equipe de Lewis. O novo capítulo conosco é que ele vai se tornar o líder. Não quero ter uma situação de número um e número dois, mas pelo menos ele não estará na sombra de alguém", afirmou o diretor.

"Ele tem que assumir a responsabilidade da equipe sobre os ombros. Pode ser um novo capítulo e espero que talvez ele também se beneficie deste ambiente", enfatizou. "Eu sei que o cara é dedicado, que é mais do que profissional. A velocidade está aí, se você comparar com Lewis, ele é o cara mais próximo. E Lewis é uma referência absoluta para mim. Ao todo, acho que ele é o pacote perfeito para nós."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.