Alguersuari se diz surpreso com saída da Toro Rosso

O piloto Jaime Alguersuari disse nesta quinta-feira que está "muito surpreso" com a decisão da Toro Rosso de deixá-lo fora da temporada 2012 da Fórmula 1. O espanhol declarou nesta quinta-feira que Franz Tost, chefe da equipe, e Helmut Marko, conselheiro da Red Bull, lhe disseram na segunda-feira que ele estava nos planos da equipe para o próximo ano.

AE, Agência Estado

15 de dezembro de 2011 | 15h36

Porém, na quarta-feira, a Toro Rosso anunciou que o australiano Daniel Ricciardo e o francês Jean-Eric Vergne irão substituir Alguersuari e o suíço Sebastien Buemi como pilotos da equipe em 2012. Mesmo assim, o espanhol disse que aceitou a notícia decepcionante e procurou entender as razões da equipe.

"Eu não vou julgar os motivos da decisão, porque a Red Bull me deu tudo desde que eu tinha 15 anos", disse. "Eu fui formado por eles, e eu me tornei um piloto de Fórmula 1 aos 21 anos", completou Alguersuari, que estreou pela Toro Rosso na Fórmula 1 no GP da Hungria de 2009 e marcou 26 pontos na última temporada.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Toro RossoJaime Alguersuari

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.