Alonso: 'Acho que teremos mais problemas nesta corrida'

Espanhol ficou abaixo dos dez primeiros nos dois treinos livres e reconhece problemas em seu Renault

EFE

04 de abril de 2008 | 14h47

O espanhol Fernando Alonso, da Renault, declarou, após os treinos livres para o Grande Prêmio do Barein de Fórmula 1, que tendo em vista o desempenho de hoje, a equipe terá mais dificuldades do que na Austrália e na Malásia. Veja também: Felipe Massa domina os treinos livres para o GP do Bahrein de F-1"Nas duas primeiras corridas, tínhamos condições de chegar ao pódio, mas desta vez acho que será um pouco mais difícil", afirmou. "Mesmo que tudo corra bem, não temos a velocidade necessária para entrar no pódio. Tudo é possível, mas visto o que ocorreu hoje, acho que teremos mais problemas do que na Austrália e na Malásia", afirmou o bicampeão. "Foi uma sexta-feira um pouco mais difícil do que o normal. Não fomos muito rápidos, e teremos muitos problemas para solucionar amanhã", afirmou. "Sabíamos que este não era um circuito bom para nosso carro, e infelizmente confirmamos isso", acrescentou. Segundo Alonso, toda a equipe está motivada e trabalhando duro para reverter a situação. "Todos estão trabalhando 100%. Estamos confiantes de que as coisas vão mudar, e isso dá ânimos aos pilotos", afirmou. 

Tudo o que sabemos sobre:
Fernando AlonsoRenaultFórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.