Jaro Munoz/EFE - 20/02/2010
Jaro Munoz/EFE - 20/02/2010

Alonso afirma que Red Bull tem carro mais rápido da F-1

Espanhol descarta possibilidade de motor Renault consumir menos gasolina e dá credito à boa fase da escudeira

AE, Agência Estado

25 de março de 2010 | 11h35

O espanhol Fernando Alonso revelou nesta quinta-feira que vê a Red Bull como o carro mais rápido do início da temporada 2010 da Fórmula 1. Nem por isso, porém, ele perdeu o otimismo para o GP da Austrália e acredita que pode vencer a prova neste fim de semana, desde que tenha um bom desempenho no treino de classificação.

No GP do Bahrein, Alonso contou com problemas no motor de Sebastian Vettel para assumir a liderança da prova e ganhá-la em dobradinha com o brasileiro Felipe Massa na sua estreia na Ferrari. "Eu acho que talvez o desempenho da Red Bull esteja um pouco à frente de todos agora, o que não é uma surpresa, porque eles terminaram 2009 muito fortes e mantiveram o momento", afirmou Alonso.

O piloto espanhol ressaltou ser cedo para apontar a equipe favorita da Fórmula 1 na temporada 2010 e admitiu que terá dificuldades na Austrália se não conseguir largar à frente dos pilotos da Red Bull. "Eu acho que nós precisamos de mais duas corridas para entender melhor o quadro. Vamos tentar pressioná-los novamente e isso dependerá também de circuito para circuito. Espero que aqui na Austrália possamos ser fortes para lutarmos pela vitória. Espero começar na frente deles e não ter de esperar por qualquer problema", disse.

Alonso descartou a possibilidade do motor Renault consumir menos combustível do que o de outras equipes ser o segredo da Red Bull. "Penso que essa história dos 6 quilos [mais leve] ou quanto for é apenas um boato. Eu não acredito que alguém é capaz de apostar quem esteve mais leve na largada no Bahrein", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.