Diego Azubel/EFE
Diego Azubel/EFE

Alonso avisa que definirá futuro com a McLaren até o GP dos EUA

Piloto espanhol vem de duas temporadas difíceis na escuderia britânica e seu contrato termina neste ano

Estadão Conteúdo

28 de setembro de 2017 | 19h54

O piloto espanhol Fernando Alonso afirmou nesta quinta-feira que vai definir seu futuro até o GP dos Estados Unidos de Fórmula 1, que será disputado no dia 22 de outubro. O bicampeão mundial ainda não tem contrato com a McLaren para correr pela equipe no próximo ano.

+ Massa reclama de indefinição da Williams sobre seu futuro

+ Felipe Nasr volta às pistas para disputar campeonato nos EUA

"Acredito que agora, entre as corridas da Malásia e do Japão, estaremos muito ocupados trabalhando nas pistas, mas depois de Suzuka provavelmente teremos uma boa data para tomar a decisão e escolher o melhor caminho", afirmou o espanhol, nesta quinta, no Circuito de Sepang, na Malásia.

Alonso se refere à sequência de duas corridas no calendário da F-1. Neste domingo, os pilotos irão para a pista na Malásia. E, logo no fim de semana seguinte, a corrida será em Suzuka, no Japão, no dia 8 de outubro. Assim, Alonso deve anunciar o seu futuro entre esta corrida e a dos EUA, marcada para o dia 22, em Austin.

O espanhol comentou também que vem avaliando suas possibilidades e estudando a perspectiva de permanecer na McLaren, que recentemente anunciou a troca do seu fornecedor de motores. A partir de 2018, a Honda será substituída pela Renault, motor que moveu Alonso em suas duas conquistas mundiais.

Diante da mudança, que provavelmente o agradou, o piloto espanhol disse que buscava mais informações sobre a futura parceria entre McLaren e Renault.

Tudo o que sabemos sobre:
VelocidadeFórmula 1Fernando Alonso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.