Manu Fernandez/AP
Manu Fernandez/AP

Alonso bate forte em Barcelona e é levado a hospital de helicóptero

Piloto da McLaren acerta em cheio o muro após a curva 3 e precisa ser removido de helicóptero para um hospital da região

Estadão Conteúdo

22 de fevereiro de 2015 | 10h05

O espanhol Fernando Alonso sofreu um grave acidente neste domingo, no quarto dia de testes coletivos da Fórmula 1 no Circuito da Catalunha, em Barcelona. O piloto da McLaren acertou em cheio o muro após a curva 3 e precisou ser removido de helicóptero para um hospital da região. As primeiras informações são de que ele passa bem.

"Parece que Fernando Alonso está ok. Esperamos que fique tudo bem e, no fim, não tenha passado de um susto", postou o Twitter do Circuito da Catalunha, explicando ainda que Alonso foi levado a um hospital para passar por novos exames médicos.

Ainda de acordo com a administração do Circuito, Alonso foi atendido por uma ambulância no local do acidente e estava consciente. Especula-se que ele estivesse a mais de 130 km/h quando acertou o muro e destruiu a McLaren. Não se sabe ainda as causas do acidente.

A batida de Alonso fez a sessão de treinos da manhã em Barcelona ser encerrada precocemente. A McLaren levou apenas um carro para os testes coletivos e não deve voltar à pista na sessão da tarde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.