Alonso comemora 2º lugar, mas adota cautela para prova

O bom desempenho da Ferrari no treino de classificação não deixou o espanhol Fernando Alonso otimista para o GP da Alemanha. Apesar de largar em segundo lugar e ter sido apenas 2 milésimos mais lento do que o pole Sebastian Vettel, o bicampeão mundial acredita que será difícil superar a Red Bull na prova de domingo.

AE, Agência Estado

24 de julho de 2010 | 15h42

"Estou feliz por estar de volta à primeira fila depois de tanto tempo! Nós temos sido competitivos no fim de semana, assim que este resultado não é uma surpresa: apesar da pequena diferença, talvez, a Red Bull é, um pouco mais rápida, mesmo quando estávamos perto nos treinos livres, ou no Q1, Q2, e Q3, eles sempre pareciam ter aquele algo mais", afirmou.

Alonso comemorou também o resultado de Felipe Massa, que largará em terceiro lugar. Para ele, o brasileiro será fundamental para conter Jenson Button e Lewis Hamilton, que largarão de quinto e sexto lugar, respectivamente. "Estou feliz que Felipe também esteja em uma boa posição como isso significa que podemos nos defender, especialmente das McLaren na primeira volta, pois com sua velocidade máxima poderiam representar uma ameaça real. Os pneus podem ser um fator significativo desconhecido amanhã: a pista tenha melhorado muito nos últimos dois dias e estamos a utilizando muito mais do que ontem, então podemos esperar algumas surpresas nas estratégias", disse.

O piloto espanhol destacou a evolução da Ferrari, mas ressaltou que o desempenho precisará ser repetido na corrida de domingo. "Comparando com outras corridas, o F10 melhorou muito e finalmente levou a estarmos na luta pela pole position. Tivemos um sábado bom, mas agora temos que fazer o mesmo novamente no domingo, pois os pontos só são dados amanhã", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.