Alonso dá o troco em Massa e conquista a vitória no Bahrein

Espanhol passa brasileiro na largada e aproveita problema de Vettel para triunfar

André Rigue, estadao.com.br

14 de março de 2010 | 10h44

A ultrapassagem de Fernando Alonso em Felipe Massa, logo na primeira volta da corrida

SÃO PAULO - O bicampeão mundial Fernando Alonso deu o troco em Felipe Massa e conquistou a vitória no GP do Bahrein de Fórmula 1, neste domingo, em prova realizada no circuito de Sakhir. Foi a 22.ª conquista do espanhol na carreira. Ele ultrapassou o brasileiro logo na primeira volta, e contou com a queda de potência da Red Bull do alemão Sebastian Vettel para triunfar.

Veja também:

\"especial\" CALENDÁRIO - Todas as etapas de 2010

mais imagens GALERIA - Mais imagens da corrida

link Bruno Senna lamenta abandono

link Felipe Massa admite largada ruim

link Schumacher satisfeito com 6.º lugar

link Alonso festeja vitória no Bahrein

link Rubens Barrichello valoriza ponto

blog LIVIO - F-1, viagens e tecnologia

Alonso e Massa fazem uma dupla "explosiva" na Ferrari. Os pilotos já promoveram discussões calorosas no passado, e agora disputam a preferência da equipe para a briga pelo título. Após o vexame na temporada passada, a escuderia italiana investiu pesado neste ano e mostrou logo na primeira corrida que está com os carros bem ajustados.

Pole da prova, Vettel manteve a liderança até a volta 34, quando sofreu perda de potência no carro e foi ultrapassado - perdeu até a chance de ir ao pódio ao ceder o terceiro lugar para o inglês Lewis Hamilton, da McLaren.

Os outros brasileiros na disputa tiveram desempenhos discretos. Com a Williams, Rubens Barrichello chegou em 10.º lugar. Lucas di Grassi abandou logo na terceira volta, e Bruno Senna deixou a corrida na volta 18, depois do motor de sua Virgin quebrar. "Acho que temos de aprender muitas coisas. Enfim, vamos tentar melhorar", declarou Bruno Senna ao deixar a pista.

A prova no Bahrein também marcou o retorno do heptacampeão Michael Schumacher. O alemão cumpriu seu objetivo de realizar a corrida até o fim e chegar numa boa posição. Com a "flecha de prata" da Mercedes, Schumacher acabou em sexto lugar, enquanto seu companheiro, Nico Rosberg, foi o quinto.

Atual campeão da temporada, Jenson Button precisará de muitos acertos na McLaren para voltar a brigar por vitórias. O piloto ficou em sétimo lugar, e não conseguiu acompanhar o desempenho de Hamilton.

A Fórmula 1 mudou as regras para tornar a temporada mais emocionante. O grid de largada passou a contar com 24 pilotos, e uma das principais alterações nas regras foi a proibição do reabastecimento. Os carros passaram a largar com o dobro de combustível da temporada passada - cerca de 250 litros.

A próxima etapa do calendário será o Grande Prêmio da Austrália, no dia 28, em Melbourne, às 4 horas.

FÓRMULA 1 2010

GRANDE PRÊMIO DO BAHREIN - CLASSIFICAÇÃO FINAL

1.º - Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 1h39min20s396, em 49 voltas

2.º - Felipe Massa (BRA/Ferrari), a 16s099

3.º - Lewis Hamilton (ING/McLaren), a 23s182

4.º - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), a 38s799

5.º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), a 40s213

6.º - Michael Schumacher (ALE/Mercedes), a 44s163

7.º - Jenson Button (ING/McLaren), a 45s280

8.º - Mark Webber (AUS/Red Bull), a 46s360

9.º - Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India), a 53s008

10.º - Rubens Barrichello (BRA/Williams), a 1min02s489

11.º - Robert Kubica (POL/Renault), a 1min09s093

12.º - Adrian Sutil (ALE/Force India), a 1min22s958

13.º - Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso), a 1min32s656

14.º - Nico Hulkenberg (ALE/Williams), a uma volta

15.º - Heikki Kovalainen (FIN/Lotus), a duas voltas

16.º - Jarno Trulli (ITA/Lotus), a três voltas

17.º - Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso), a três voltas

Não completaram a prova:

Pedro de la Rosa (ESP/BMW Sauber), volta 28, abandono

Bruno Senna (BRA/Hispania), volta 17, abandono

Timo Glock (ALE/Virgin), volta 16, abandono

Kamui Kobayashi (JAP/Sauber), volta 13, abandono

Vitaly Petrov (RUS/Renault), volta 13, abandono

Lucas Di Grassi (BRA/Virgin), volta 2, abandono

Karun Chandhok (IND/Hispania), volta 1, abandono

Volta mais rápída: Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 1min58s287, na volta 45

Classificação do campeonato de pilotos (após uma etapa):

1.º - Fernando Alonso, 25 pontos

2.º - Felipe Massa, 18

3.º - Lewis Hamilton, 15

4.º - Sebastian Vettel, 12

5.º - Nico Rosberg, 10

6.º - Michael Schumacher, 8

7.º - Jenson Button, 6

8.º - Mark Webber, 4

9.º - Vitantonio Liuzzi, 2

10.º - Rubens Barrichello, 1

Classificação do campeonato de construtores (após uma etapa):

1.º - Ferrari, 43 pontos

2.º - McLaren, 21

3.º - Mercedes, 18

4.º - Red Bull, 16

5.º - Force India, 2

6.º - Williams, 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.