Alonso defende permanência de Massa na Ferrari

Felipe Massa recebeu um apoio público importante na sua intenção de permanecer na Ferrari. Nesta quinta-feira, o espanhol Fernando Alonso, seu companheiro de equipe e líder do Mundial de Pilotos, defendeu que o brasileiro permaneça na escuderia. Em caso de troca, o bicampeão mundial ressaltou a necessidade de que seja contratado um piloto mais competitivo do que o brasileiro para a próxima temporada.

AE, Agência Estado

20 de setembro de 2012 | 11h25

"Eu tenho trabalhado com Felipe por dois ou três anos, temos um bom relacionamento", disse Alonso. "Se a equipe decidir trocar Felipe, quem chegar tem que ser melhor do que Felipe", completou. "Na minha opinião precisamos de um piloto que respeita a Ferrari, a tradição da equipe", finalizou.

Massa tem contrato com a Ferrari apenas até o final desta temporada e ainda não acertou a renovação do seu acordo. Com essa indefinição, vários nomes foram apontados como possíveis substitutos do brasileiro, incluindo o mexicano Sergio Pérez e o alemão Nico Hulkenberg.

Desde 2006 na Ferrari, Massa teve o seu melhor desempenho na escuderia em 2008, quando foi vice-campeão mundial. Neste ano, o brasileiro teve um início de temporada desastroso, o que aumentou as especulações sobre uma possível saída. O brasileiro se recuperou nas duas últimas corridas, quando ficou em quinto lugar no GP da Bélgica e em quarto na Itália. Atualmente, ele ocupa a 10ª colocação no Mundial de Pilotos, com 47 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.