Alonso diz estar mais calmo na briga pelo título da F1

Concentrado na busca pelo tricampeonato, Fernando Alonso afirmou nesta quinta-feira que está mais calmo nesta reta final da temporada em comparação aos anos em que esteve na briga pelo troféu. "Estou muito mais relaxado e focado", comentou o espanhol, às vésperas do GP dos Estados Unidos, no novo Circuito das Américas, em Austin.

AE, Agência Estado

15 de novembro de 2012 | 19h45

"Para estas duas últimas corridas do ano, me sinto completamente normal. Será a quarta vez que estou na briga pelo título com chances até as provas finais e eu sinto a diferença. Eu posso me concentrar [melhor] em fazer o trabalho. E tenho a consciência de que, se eu fizer tudo perfeitamente, tenho uma oportunidade. Mas, se eu cometer um erro, vou desperdiçá-la", comentou o piloto da Ferrari.

Mesmo ciente das dificuldades de superar Sebastian Vettel neste domingo, Alonso reiterou sua confiança no tricampeonato. "Estou muito confiante. Confio na minha equipe e acredito em mim", afirmou o espanhol, que, para reafirmar sua confiança, disse que não fez alterações em sua preparação para Austin. "Em termos de preparação, nada mudou na minha abordagem. Trata-se de máxima concentração e máximo empenho".

Para se manter na briga pelo título e adiar a definição do campeonato para o GP do Brasil, no dia 25, em Interlagos, Alonso precisa ao menos alcançar o pódio nos Estados Unidos. Assim, mesmo com uma vitória de Vettel, o espanhol teria chance de conquistar o título em São Paulo. Apenas 10 pontos separaram o líder do vice-líder do campeonato.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP dos Estados UnidosAlonso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.