Alonso diz que 5º lugar no grid de largada é 'milagre'

Fernando Alonso classificou de "milagre" o quinto lugar no grid de largada que obteve no treino deste sábado, na véspera do GP da Hungria. O espanhol reconheceu as dificuldades da Ferrari na sessão classificatória, mas disse acreditar nas chances de chegar ao pódio em Budapeste.

AE, Agência Estado

27 de julho de 2013 | 13h46

"A volta foi muito boa, o quinto lugar é praticamente um milagre", comentou o piloto, logo após ter dificuldade para acompanhar o ritmo dos rivais no Q3 do treino. Alonso ficou quase meio segundo atrás do pole Lewis Hamilton, que surpreendeu ao bater Sebastian Vettel nos instantes finais do treino.

"O quinto lugar foi uma boa notícia depois dos fins de semana complicados em Silverstone e Nurburgring. Tivemos uma melhora em relação a ontem, quando nosso ritmo gerava dúvidas. Hoje tivemos um carro mais competitivo graças a mudanças na configuração e na parte aerodinâmica", avaliou o espanhol.

Felipe Massa, por sua vez, estava insatisfeito com o 7º lugar no grid. Na sua avaliação, o carro ficou devendo neste sábado. "O treino foi muito complicado e o resultado não correspondeu as nossas expectativas. Tanto eu quanto Fernando estava forçando ao máximo, e sem cometer erros. Mas não fomos capazes de brigar pelas primeiras posições", comentou.

O brasileiro prevê mais obstáculos para a Ferrari neste domingo, depois de fazer projeções positivas sobre o GP, durante a semana. "Teremos que estar muito focados porque a corrida não será fácil em razão das altas temperaturas, que terão impacto sobre os pneus, sobre os carros e sobre nós mesmos", disse Massa.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da HungriaAlonso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.