Alonso diz que Ferrari começará do zero na Austrália

Apesar da dobradinha conseguida pela Ferrari no GP do Bahrein, o espanhol Fernando Alonso - vencedor da prova, seguido pelo brasileiro Felipe Massa - declarou em seu blog, nesta terça-feira, que a escuderia italiana terá que "começar do zero" no GP da Austrália, segunda etapa do Mundial, que acontecerá no domingo.

AE, Agencia Estado

23 de março de 2010 | 12h19

"A dobradinha no Bahrein nos deu confiança e foi um grande resultado, mas não garante nada. Precisamos manter os pés no chão, e permanecer concentrados: em Melbourne estaremos começando novamente do zero", declarou o espanhol, que é dono de dois títulos mundiais (2005 e 2006) e estreou na Ferrari nesta temporada.

Sobre as polêmicas envolvendo as novas regras da Fórmula 1, que teriam deixado as provas mais "chatas", como alguns pilotos definiram, Alonso preferiu não polemizar, apesar de concordar que o GP do Bahrein não tenha agradado.

"Alguns pilotos disseram algumas coisas de cabeça quente. É verdade que a prova não foi espetacular, mas é muito cedo para querer mudar o regulamento novamente. Temos que esperar corridas diferentes para analisar a situação sem sermos emocionais. Algo que confunde os fãs é ficar mudando as regras o tempo todo", comentou Alonso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.